Login

Esqueci minha senha

Últimos assuntos
» Qual é o nome dessa fonte?
Qui 14 Maio - 14:04 por Mike22

» Puta mundo injusto...
Ter 20 Ago - 0:39 por Shinji Ikari

» Desafio Logo Squiak
Sex 6 Jul - 19:41 por rcmcastro

» Desafio Logo Squiak
Sex 6 Jul - 19:39 por rcmcastro

» JOGO: Descubra o anime
Sab 30 Jul - 17:54 por Shinji Ikari


Alasmar Chronicles - Crepusculo Esmeralda

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Alasmar Chronicles - Crepusculo Esmeralda

Mensagem por H4RDHUNTER em Seg 3 Ago - 11:17

Alasmar Chronicles - Crepusculo Esmeralda é uma narrativa de aventura e magia, ação e emoção planejada para tres volumes ja pré planejados com elementos de D&D, LOR, mitologias e fatos do nosso cotidiano adaptado para o livro.

Estarei postando aqui Trechos para todos lerem e me ajudarem com suas opniões Very Happy .


" porque temos que viver isso "

Noite de 1940 O ataque a Berlim seria repetido várias vezes até o fim do mês. Enfurecido, Hitler prometeu vingança, num discurso a 4 de setembro. Simultaneamente, Hermann Goering, comandante da Luftwaffe, recebeu ordens para arrasar Londres. A Alemanha acreditava que a destruição da capital britânica arrasaria o moral do povo e levaria o país à capitulação. A chamada blitz começou a 7 de setembro, e foi mortalmente eficaz, pois as defesas de Londres e a própria RAF estavam despreparadas. Os ataques aconteciam à noite, e as bombas incendiárias consumiram grande parte de Londres...
Eu ficava em cima do telhado de casa, apesar do medo de uma bomba atiginse a casa eu queria ficar ali, não sabia oq era pior, enfrentar um pai bebado ou uma bomba me incendiando... Mas eu tinha um amigo, oque me custou por várias vezes ida ao picicólogo, porque ele era um Griphon...
Minha mãe dizia que eu era uma criança por viver no mundo de ilusões, mas era esse mundo que me mantia ainda feliz e ter esperanças que a guerra acabasse, mas foi naquela noite do alto do telhado que vi Londres em chamas, meu pai chegou em casa bebado como sempre dizendo que a culpa era minha, minha mãe nao se colocava no meio por medo e eu tambem nao deixava, não queria que ela se machucasse, a guerra estava deixando todos malucos por medo...
Naquela noite foi demais para mim, não aguentava mais meu braço estava inchado acho que quebrado, corri para meu quarto, peguei o maximo de coisa que podia sai pela janela e corri sem olhar para traz, entrei na floresta e nunca sai dela...

_____________________________________________________//__________________________________________________

- "Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos"

Estava frio, meu braço doia, o manto vermelho do fogo da guerra sob londres deixava a floresta mais mortal, eu chorava, mas nao queria nao podia, Não podia!
A chuva era forte estava virando uma tempestade, o jovem Lancaster estava com seu braço muito inchado, e todo molhado, com frio e fome, ele nao queria chorar, tinha q ser forte, como seu páis nao se entregaria as garras de um louco ele nao se entregaria ao medo. Algo estava ao seu redor ele ouvia susurros, uma criatura pulou do mato e caiu sob sua frente, era um lobo enorme, tinha quase 3m de corpo e sua altura sob as quatro patas era de 2 metros, seus olhos vermelhos como sangue, a lua aquela noite era vermelha, o vento aumentou Lan quase não podia ficar de olhos abertos, o lobo vinha devagar como se espera-se uma reação de Lan, mas o garoto nada podia fazer estava paralizado de medo.
Um grunir veio do alto das arvores, num rodopio majestoso o Griphon pouso sob a frente de Lan abrindo suas longas asas em gesto de ataque caso o lobo sombrio ousa-se ir em frente, mas o lobo reagia com um brilho nos olhos

- Venha comigo camarada, vou te proteger e dar o poder que quer, seu pai não machucar mais você - Dizia o grandalão.

O Griphon agora parecia rugir e num brilho prata se mostrou uma muher, muito jovem, mas tão linda quanto o luar, ela brilhava e em sua mão uma espada, sua lamina parecia cantar quando um leve movimento era feito sem ação, sua lamina não era de metal mas cristal ou vidro Lan não sabia dizer.

- Você não vai levar o garoto Klain vá embora não basta o que vc e sua gente esta causando a esse mundo, os poucos de nós que vivem aqui ou morreram ou se escondem pra nao se envolver, não vou permitir que recrute mais inocentes para uma causa insana.

- Princesa Lörien *ele a reverencia com despreso na voz* - Não esperava que a filha de Tristan estivese nesse mundo pra ajudar fracos humanos que quase massacraram o seu povo no passado, os altos elfos da montanha cinzenta, uma raça que vai logo se estinguir, hoje vou ganhar em dobro, hahaha, você vai morrer!

Klain avançou com sua lamina groça de batalha contra a fragil espada que num movimento rápido apartou o golpe e ricocheteou a Klain para traz, a lamina cantava, Lan se sentia feliz por algum motivo estranho, não éra proprio pra situação, ambos ali se moviam rapidos quase Lan nao podia velos, os som das armas se chocando, aquilo era um sonho só podia ser, era o braço que estava criando as alucinações, só podia ser.

A lamina de Lörien saiu de sua mão e caiu sob os pés de Lan, a princesa no chão desmaiada estava, Klain ria e rugia de alegria, klain deu a volta sob a princesa, semi acordada, ela mau conseguia se mover, Klain era um barbaro com certeza era muito forte, colocou a sua espada na garganta da princesa.

-Não! - Gritou Lan pegando a espada logo reagiu ao seu toque e uma chama praga rugiu da espada e acertou Klain nas costas queimando e fazendo klain soltar a princesa.

Lan olho pra espada que agora havia sumido e só havia um bracelete em seu pulso, ele nao pensou correu e pegou a princesa no colo e correu, seu braço estava doendo mais ainda pela presão do corpo da princessa, do fundo Klain gritava.

- Você pode correr garoto, mas quando eu te encontrar juro que vai pagar por isso! Está me ouvindo vou matar você!

Lan mais nada pensou o medo tomou conta dele, ele achou uma caverna e ali se pos tinha gravetos ali juntinhos, devia ser um lugar que jovens vinham com frequencia acampar ele acendeu uma fogueira, tirou seu casaco e sua camisa as ajeitou sob o chão e colocou a princesa em cima e perto da fogueira. Ali Lan se econstou na parede fria, estava exauto e a dor lhe dominava ele tinha medo de adormecer pela ameça de Klain, se se klain era meio lobo ou assim ele imagina q fosse nao ia conseguir achar o lugar enquanto a chuva durasse, assim ele adormeceu no frio e na dor daquela noite....

H4RDHUNTER
Moderador
Moderador

Número de Mensagens : 85
Idade : 30
Data de inscrição : 30/03/2008

Ver perfil do usuário http://alasmarchronicles.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Alasmar Chronicles - Crepusculo Esmeralda

Mensagem por Shinji Ikari em Seg 3 Ago - 19:26

Achei uma boa idéia ambientar tudo em 1940. Isso é algo bem inovador a meu ver.
Só um toque, o texto inteiro está com erros grosseiros de português, falta pontuação e acentuação e alguns trechos não têm muita coerência, mas em uma revisão já dá pra arrumar.
Vai mandando mais pra galera ir acompanhando.

_________________


Shinji Ikari
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 833
Idade : 28
Data de inscrição : 02/12/2007

Ver perfil do usuário http://nameless.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Alasmar Chronicles - Crepusculo Esmeralda

Mensagem por H4RDHUNTER em Ter 4 Ago - 0:44

Ei calma Shinji isso é só o prologo. nao vou ficar só ai espere e vera, sim redigitei isso no trampo, entao tinha q ser rapido. vou ver se amanha dou uma arrumada.

_________________

H4RDHUNTER
Moderador
Moderador

Número de Mensagens : 85
Idade : 30
Data de inscrição : 30/03/2008

Ver perfil do usuário http://alasmarchronicles.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Alasmar Chronicles - Crepusculo Esmeralda

Mensagem por Greyheart em Seg 10 Ago - 0:53

Olá,

Parabéns pela iniciativa, vc buscou reunir elementos que eu mesma tenho dificuldade de identificar.

Complementando o que o Shinji disse, é essêncial que você revise o texto e procure ser um pouquinho mais descritivo, pois dá pra se perder na trama... especialmente no trecho do combate.

Sei que se baseou em culturas diferentes e por isso acho fundamental detalhar o máximo que puder as coisas como "quem, como, por quê".

Somente minha humilde opinião,
[ ]'s

Greyheart
Amador
Amador

Número de Mensagens : 62
Idade : 36
Data de inscrição : 18/12/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Alasmar Chronicles - Crepusculo Esmeralda

Mensagem por Shinji Ikari em Ter 11 Ago - 19:45

Se Greyheart falou, está dito, ela domina muito esse lance, segue as dicas aí que você vai longe Hunter.

_________________


Shinji Ikari
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 833
Idade : 28
Data de inscrição : 02/12/2007

Ver perfil do usuário http://nameless.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Alasmar Chronicles - Crepusculo Esmeralda

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 17:42


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum